• A IMPORTÂNCIA DE SE TER INIMIGOS.




    Sei que hoje é o dia do amigo (escrevi no dia 20/07/2012) e coisa e tal e tal e coisa, mas não estou aqui para ser piegas e falar dos meus grandes amigos que eles sabem quem são.

    Hoje estou aqui para falar de INIMIGOS. Há algum tempo li uma citação da escritora Care Santos e ela comentou certa vez que alguém que chegue aos 30 anos sem alguns bons inimigos é uma pessoa digna de piedade, pois isso significa que ela não conseguiu nada na vida.

    Realmente, essa pessoa não foi ninguém, ela não viveu, não saiu de casa, viveu na clausura só pode. Até o mais bondoso dos seres tem inimigos, aliás, é o que mais tem inimigos, vide Jesus Cristo.

    Pessoas bondosas são as que mais encontram obstáculos pelo caminho, leia-se: pessoas.

    Mas aí é que está, com uma perspectiva diferente de Care Santos, o budismo nos ensina que o inimigo é nosso melhor mestre, pois assim disse Dalai-Lama:

    Nunca devemos usar nossos inimigos como desculpa para não praticarmos a calma, nem dizer que eles são a causa de nossa irritação.

    Não podemos dizer que o mendigo é um obstáculo à generosidade, já que é justamente sua razão de ser.

    Por outro lado, as pessoas que nos irritam e põem nossa paciência à prova são relativamente poucas. E para exercitarmos a paciência precisamos de alguém que nos ofenda.

    Encontrar um verdadeiro inimigo é tão incomum que deveríamos nos alegrar por tê-lo e apreciar os benefícios que ele nos oferece.

    Ele é digno de respeito pelo simples fato de nos permitir praticar a paciência e merece ser o primeiro a receber os méritos daquilo que nos possibilita alcançar.

    Portanto não se vanglorie de ser tão bonzinho e não ter inimigos, porque você tem meu caro, e muitos, que estão a espera para dar o bote e que fingem ser seu amigo.

    Encontrar uma boa amizade é tão rara quanto encontrar um bom inimigo.

    Portanto, que esses mestres sejam bem-vindos.
  • Você pode gostar também

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos por mim (Randerson Figueiredo) antes de serem publicados. Não serão aprovados os comentários:
    - não relacionados ao tema do post;
    - com pedidos de parceria;
    - com propagandas (spam);
    - com link para divulgar seu blog;
    - com palavrões ou ofensas a pessoas e situações;