• O IDEAL DO AMOR ROMÂNTICO – UMA UTOPIA SEM PRECEDENTES




    Sonhar com o melhor parceiro que possa aparecer na sua vida não é algo nada salutar, pois este sonho pode ser o começo de um grande pesadelo.

    Estou falando do ideal do amor romântico. Esse ideal é extremamente nocivo, pois ele nos desconcerta, inviabiliza nossas ações e situações mais corriqueiras.

    O fato de fazermos a projeção já é por si só uma ação que não nos renderá um saldo positivo. Projetar suas sombras no outro visando uma recompensa, mais puramente emocional nos torna egocêntrico e até mesmo vulnerável.

    Encontrar o príncipe ou a princesa não nos faz melhor do que ninguém, penso até que nos faz pior, pois esse sentimento de autodomínio quebra um pouco a noção de realidade.

    Algumas pessoas acreditam nessa história de conto de fadas, mas aí quando caem em si, percebem que só fizeram desencadear decepções ao longo desta escolha delirante.

    Para ser mais claro, defendo que os relacionamentos devem ser abertos a diálogos e não tão formais como costumamos observar nas cenas cotidianas.

    Um relacionamento aberto é a melhor opção atualmente, lógico, para aqueles que buscam prazer sem necessariamente ter que se ferir. E sabe porque que digo isto? Porque é natural do ser humano a traição.

    Exatamente, trair é algo natural, já vem do instinto humano, ou melhor dos animais como um todo.

    Não podemos nos desviar do que já é natural nosso. O relacionamento aberto proporciona isso, um viés sem projeções, sem máscaras, sem teceduras ao longo do tempo sobre o que você é ou deixou de ser.

    O ideal do amor romântico tende a acabar, e espero que isso aconteça. Basta observar o número de divórcios, só tem crescido a cada ano. Por quê? Porque são casamentos forçados. O parceiro ou a parceira vai atrás de prazer em outra freguesia.

    Se o sujeito realmente gostar de você, ele(a) irá voltar para o seu aconchego naturalmente, não é necessário prendê-lo(a) com amarras severas de desconfiança. Acredito que isto está mais perto do que longe para acontecer...  

  • Você pode gostar também

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos por mim (Randerson Figueiredo) antes de serem publicados. Não serão aprovados os comentários:
    - não relacionados ao tema do post;
    - com pedidos de parceria;
    - com propagandas (spam);
    - com link para divulgar seu blog;
    - com palavrões ou ofensas a pessoas e situações;