• TRANSTORNO BIPOLAR – A DOENÇA QUE VIROU MODA.




    Não é difícil constatar que certa doença mental virou moda entre muitas e muitas pessoas que ao se sentirem em estado de êxtase ou de depressão no mesmo dia pensam que possuem o Transtorno Bipolar de Humor, chamado de TBH.

    Virou mania dizer isso, tem até camisas que brincam com esta situação. Só que estas mesmas pessoas não conseguem compreender que o TBH é muito mais sério do que elas imaginam.

    O TBH é muito fácil de ser confundido com a esquizofrenia paranoide, tanto é que o diagnóstico pode levar anos até ser concluído, pois o paciente que melhor responder aos medicamentos tende a ser chamado de bipolar.

    O tratamento se dá com anticonvulsivantes, antipsicóticos e/ou através do uso de lítio que é uma poderosa ferramenta nesse tratamento. Sabe-se ainda que a massa da população em geral é muito ignorante, não tem o conhecimento adequado sobre a doença.

    Eu particularmente li dois livros muito interessantes sobre o tema há alguns anos, um deles se chama O brilho de sua luz e conta a história de um jovem chamado Nick Traina e a luta de sua mãe, a autora do livro Danielle Steel. Sim, é um livro baseado em fatos reais, o que o torna ainda mais emocionante.

    Nesse livro da Danielle Steel, a doença ainda era chamada de psicose maníaco-depressiva. Este livro é muito interessante, pois mostra características bem típicas do transtorno.

    Outro livro bastante elucidativo chama-se Uma Mente Inquieta de Kay Redfield Jamison, uma jovem médica que depois de algumas experiências que não vou ser indelicado em contar o livro, veio a se tornar uma das maiores autoridades no assunto sobre TBH.

    Então você que possui o transtorno ou que deseja conhecer mais sobre TBH, aconselho que leia estes dois livros, pois assim você terá um panorama geral sobre o assunto, sem ficar fazendo rodeios e tecendo comentários incertos sobre a realidade de quem tem um transtorno mental.

    Outra característica de quem possui TBH e até mesmo esquizofrenia já que vem da mesma matriz é que estas pessoas (mais de 90% dos casos) possuem um nível intelectual bem acima da média das demais pessoas, ou seja, seu Q.I. é muito elevado. Isso demonstra que não são só pontos negativos que fazem parte do contexto em que elas estão inseridas.

    É crônica e, como o diabetes e hipertensão arterial, pode também ser tratada e controlada. Manifesta-se inicialmente na adolescência (60% dos casos antes dos 20 anos de idade), mas pode ocorrer em qualquer idade. 

    É um dos três distúrbios mentais mais comuns (as outras são esquizofrenia e depressão) e é a sexta principal causa de falta ao trabalho. Dos cerca de 25% que tentam o suicídio, cerca de 4% se suicidam de fato. 

    Entre os pacientes tratados, o índice de tentativas cai para cerca de 10%. “Temos que identificar e tratar pessoas com transtorno bipolar, para que tenham uma vida normal e produtiva.

    Isto significa não apenas tratar o paciente adequadamente, mas também combater o estigma e preconceito contra as pessoas portadoras de transtornos que afetam a mente e reintegrá-los à sociedade”, afirma Antônio Geraldo da Silva, presidente da Associação Brasileira de Psiquiatria.

    Sintomas do TBH

    Principais sintomas fase maníaca

    Sentimento de êxtase, júbilo;
    Irritação e agitação;
    Pensamento e fala rápida;
    Distrair-se facilmente;
    Desejo de envolver-se em vários projetos ao mesmo tempo;
    Insônia ou pouca necessidade de sono;
    Comportamento impulsivo e de risco, como sexo por impulso e sem proteção;
    Julgamento prejudicado;
    Agressividade e hostilidade.

    Principais sintomas fase depressiva

    Períodos (vários dias ou mesmo semanas) de profunda tristeza;
    Desânimo;
    Sensação de vazio;
    Perda de interesse em atividades, ou assuntos, que normalmente provocariam prazer;
    Sensação prolongada de cansaço;
    Mudanças nos hábitos alimentares e de padrão de sono;
    Pensamentos suicidas e de morte.

    O texto de hoje foi mais informativo do que reflexivo, espero ter contribuído para esclarecer alguns pontos a respeito do Transtorno Bipolar de Humor.

    Até a próxima.
  • Você pode gostar também

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos por mim (Randerson Figueiredo) antes de serem publicados. Não serão aprovados os comentários:
    - não relacionados ao tema do post;
    - com pedidos de parceria;
    - com propagandas (spam);
    - com link para divulgar seu blog;
    - com palavrões ou ofensas a pessoas e situações;