• O CHARLATANISMO RELIGIOSO





    É muito comum nos depararmos com algum charlatão no decorrer das nossas vidas.

    E o pior é quando esse trapaceiro é religioso. Mas de que forma?

    Para corroborar minha afirmação vou contar uma história: imagine que existe um homem com 1m40cm que deseja jogar basquete e que ele insiste em fazer isso.

    Até aí tudo bem, já que o esporte é algo democrático e que ele pode participar da melhor maneira possível.

    Só que nesse ínterim, aparece alguém que o encoraja e diz para ele ter fé que ele irá conseguir jogar basquete assim como os outros jogadores, ou seja, que ele chegará aos quase dois metros dos seus colegas de time.

    Será que pelo fato desse charlatão ter falado para ele ter fé resultará realmente em algo satisfatório? Você acredita que apenas ter fé irá resolver o problema dele?

    Na verdade não! Esse homem que induziu o pequeno jogador a permanecer em quadra titubeando com os enormes jogadores na verdade é um sabotador.

    O que estou querendo dizer é que ser realista não é deixar de ter fé, deu para entender? Jogar com a realidade é a melhor atitude que se pode tomar.
    Em nossas vidas muitas vezes jogamos a culpa na fé, em algo idealizado, em algo inalcançável para tentar nos redimir de nossas frustrações.

    Ou até mesmo quando insistimos em participar de algo que não nos convém, como é o caso do jogador de basquete que citei acima.

    Essa prática faz um efeito desgastante em nossas vidas, pois é como se parecesse que queremos demonstrar uma força superior àquela que não está a nossa altura.

    É aí que vem o perigo. Voltando a questão religiosa, Deus não vai ficar com raiva da gente por desistirmos de algo que não vai bem em nossas vidas, de algo que nós sabemos que não vamos resistir por muito tempo.

    Quando fazemos algo somente por dinheiro, quando extrapolamos nossos limites e quando surrupiamos nossa verdadeira felicidade, estamos agindo de forma egoísta e equivocada.

    Não estou aqui para criticar religião nenhuma, até mesmo porque, criticaria também a minha de certa forma já que nenhuma sai ilesa de alguns despautérios.

    Só que a religião muitas vezes pode até parecer que nos encoraja, mas é uma ilusão, dizer que o cidadão pode sim jogar basquete e que ele não toca nem na bola e que chegará aos dois metros de altura é um verdadeiro acinte.

    O oportunismo religioso advém de regras (a)morais com o intuito de se locupletar com a boa-fé das pessoas. É essa a grande questão que levanto neste espaço.

    Por isso fiquemos de olho, para não acharmos que Jesus Cristo brinca conosco ao “suscitar” no coração do irmão mais próximo que podemos sim chegar aos dois metros de altura, possuindo um metro e quarenta somente com a nossa fé.
  • Você pode gostar também

    Um comentário:

    1. Good day! Do you know if they make any plugins
      to protect against hackers? I'm kinda paranoid about losing everything I've
      worked hard on. Any tips?

      my web-site :: best freckle removal cream

      ResponderExcluir

    Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos por mim (Randerson Figueiredo) antes de serem publicados. Não serão aprovados os comentários:
    - não relacionados ao tema do post;
    - com pedidos de parceria;
    - com propagandas (spam);
    - com link para divulgar seu blog;
    - com palavrões ou ofensas a pessoas e situações;