• A ESCOLHA DO CAMINHO




    Mais do que um objetivo na vida, devemos escolher um caminho a seguir, e mais do que um caminho um sentido a ser traçado.

    A escolha do caminho nada mais é do que uma escolha de fato e de destino. De fato pela ocasião em que é tomada a decisão e de destino, pois podemos trabalhar nosso limiar da vontade.

    E quando escolhemos nosso caminho a ser seguido devemos nos orientar pelo sentido. Será este somente direita e esquerda? Não. Pode ser o meio também.

    E por falar em meio, já que é nele que vivemos, a maior ousadia é procurar transformá-lo de acordo com as circunstâncias morais, éticas e factuais.

    A transformação do meio nos oferece uma celeuma enorme de oportunidades, afinal a sociedade foi profundamente modificada por nós, foi mexida e remexida para chegarmos onde estamos.

    E não pense que isso foi um elogio porque não foi. A transformação da sociedade poderia e deveria ter sido algo mais apropriado, deixando de lado o ego e suas variantes.

    Estamos costumeiramente nos abortando como indivíduos providos de uma pseudo-inteligência. Estamos altamente conectados mas ao mesmo tempo sozinhos em casa, sem uma presença que nos aqueça na noite fria de madrugada.

    Ao passo que ser conectado virou sinônimo de antenado, de logado... Este foi o caminho que escolhemos. Dura constatação.

    A escolha deste caminho reflete um passo infalso na busca de uma identidade sociocultural capaz de fazer valer quem somos de verdade, por qual objetivo estamos aqui.

    A revolução tecnológica nos trouxe benefícios espantosos mas também malefícios que cegam a quem quer que seja.

    É a máxima de quem perde faz com que o outro ganhe. Ganhe mais notoriedade, mais “status” e mais condições de se manter vivo e em evidência de uma forma geral. Afinal também esquecem de mencionar que o carro(nós) pode estar parado sem saber para onde ir mas também pode ser por falta de gasolina, sem ânimo, sem objetivos concretos, sem vontade.


    Estas são as escolhas do caminho, sem nenhum sentido prático, claro.    
  • Você pode gostar também

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos por mim (Randerson Figueiredo) antes de serem publicados. Não serão aprovados os comentários:
    - não relacionados ao tema do post;
    - com pedidos de parceria;
    - com propagandas (spam);
    - com link para divulgar seu blog;
    - com palavrões ou ofensas a pessoas e situações;