• SOMOS LOBOS EM PELE DE CORDEIRO



    Quando se fala em lobo em pele de cordeiro logo vem à mente as facetas que a vida tanto insiste em nos apresentar. E isto nos assusta um pouco, haja vista que o disfarce é de ótima qualidade.

    Na verdade todos nós mostraremos mais cedo ou mais tarde essa apresentação, simplesmente porque é característico de todos nós sermos assim.

    Mais uma vez entrarei na psicologia analítica, que é o assunto primordial que rege este blog para tecer uma explicação plausível a respeito deste assunto.

    Mas antes alguns exemplos são perfeitamente mensuráveis neste momento. Quando alguém esbraveja com você sem motivo aparente com a grande intenção de te magoar ela está sendo lobo em pele de cordeiro.

    Quando algum suposto amigo rir de você na presença de alguns convivas e lhe deixa com a cara no chão ele está sendo lobo em pelo de cordeiro.

    Quando alguém te surpreende mais uma vez na frente de outrem com uma acusação bombástica, com um segredo que até então só você achava que sabia e é claramente achincalhada. Esta pessoa é como lobo em pele de cordeiro.

    Quando alguém finge te ajudar mas ela só quer o teu mal, não preciso nem dizer não é?

    Estes exemplos serviram para mencionar o quanto somos deturpados e inseridos em situações vexatórias e abusivas diante de uma ou outra pessoa, com uma finalidade: mostrar o tão feroz lobo que existe em pele de cordeiro.

    Agora sim chegamos à explicação. Tudo isso demonstra o quão o ser humano pode ser dúbio. Ou melhor, pode deixar aflorar no seu mais íntimo ser todo o destroço que ele pode causar.

    E essa destruição nada mais é a chamada SOMBRA COLETIVA. Denominada por Carl Jung, essa sombra nos leva a uma conclusão importante: somos todos lobos em pele de cordeiro.

    Uns em maior grau é verdade, outros em menor grau. Agora um ponto a se pensar sobre a sombra coletiva é que ela é nosso lado sombrio, que fazemos questão de esconder, e o pior de tudo, quanto mais escondemos mais ela se manifesta.

    Pessoas com uma conduta exemplar normalmente possuem uma sombra gigantesca, que adoram dar lição de moral, moralistas ao extremo e que quando explodem, deixam aflorar o que há de mais selvagem em seu íntimo (lógico que isso não se aplica a todas as pessoas).

    Pessoas assim não se contentam em cuidar de suas vidas, mas gostam simplesmente de meter o bedelho onde não são chamadas, adoram ser críticos e símbolos da moral e dos bons costumes.

    É quando dessa maneira o lobo aflora e o cordeiro vai pastar. Muitas vezes não se dão conta do que estão fazendo ou tramando, é o que costumam argumentar, mas sabem sim exatamente o que está acontecendo.


    A sombra nada mais é do que nosso lado negativo. E quando esse lado transborda tudo fica mais difícil. Por isso não percamos tempo com cordeirinhos bonitinhos, que nos apresentam sua face angelical. É melhor preferir que o lobo se manifeste, ou poderá ser tarde demais.
  • Você pode gostar também

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos por mim (Randerson Figueiredo) antes de serem publicados. Não serão aprovados os comentários:
    - não relacionados ao tema do post;
    - com pedidos de parceria;
    - com propagandas (spam);
    - com link para divulgar seu blog;
    - com palavrões ou ofensas a pessoas e situações;