• DEIXEM AS MÚMIAS NO SARCÓFAGO



    O passado... A o grande passado... Um camarada que tende a nos atormentar na primeira oportunidade quando visita nossos pensamentos mais insólitos.

    Sei que não sou nenhum guru, e sabemos o fato dele tanto nos atormentar representa o grande entrave em nossas vidas.

    Por isso que a frase de hoje é a seguinte: deixem as múmias nos sarcófagos.

    O texto de hoje será breve, mas de uma importância significativa a todos nós, não nos apeguemos ao que nos condena e ao que nos traz tristeza e um saudosismo doentio.

    É aquela velha e soberana frase, o que passou passou e ponto final.

    É assim que tem que ser. Ficar analisando isso ou aquilo só nos mortifica cada vez mais. Esse blá blá blá existencial só nos prejudica.

    O problema é que sempre tendemos a corroborar a tese que o passado é melhor do que foi, o presente pior do que é e o futuro melhor do que será.

    A vida, a essa danada, sempre nos reserva grandes surpresas... E temos que pelo menos tentar nos preparar para os reveses que nos são apontados.

    As circunstâncias desastrosas na qual muitas vezes nos encontramos é a amostra clara e objetiva que temos que mudar algo em nós e não nos outros.

    Muitas vezes essas agruras de um passado ruidoso provém de rusgas e feridas que ainda não cicatrizaram que na maioria dos casos são com pessoas que você gosta... E muito.

    Lá vem o nosso amigo Jung a nos dizer: “aquilo que te irrita nos outros, pode levar a um melhor conhecimento de nós mesmos”.

    Sábio Jung!

    E sobre as múmias no sarcófago, deixe-as lá, guardadinhas no rincão da eternidade.


    Muita luz.
  • Você pode gostar também

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos por mim (Randerson Figueiredo) antes de serem publicados. Não serão aprovados os comentários:
    - não relacionados ao tema do post;
    - com pedidos de parceria;
    - com propagandas (spam);
    - com link para divulgar seu blog;
    - com palavrões ou ofensas a pessoas e situações;