• A CHAMA DA VIDA



    Bom dia!

    Escrevo para desejar um excelente natal a você leitor deste blog. Que a chama da vida possa abrilhantar ainda mais nossa existência. Que possamos exercitar mais nosso ponto de tolerância com os demais, ser mais justos com quem nos cerca e aceitar mais as diferenças de todas as formas possíveis, de não querer somente o que nos é mais aprazível só por conveniência, de se fazer de vítima, de fazer birra com o que não gostamos e querer aparecer a todo momento.

    Lembremos dos que não terão um natal tão gratificante assim, dos que perderam seus entes queridos, dos que estão na rua e não tem para onde ir, dos que sofrem de alguma maneira por alguma situação específica.

    Enfim sejamos solidários com a miséria alheia e que por conseguinte acaba por se tornar nossa miséria também, com aquele no qual apontamos os erros, sejamos sensatos com a individualidade de cada ser que habita no outro e que habita em nós.

    Que possamos suportar as esquisitices daquele que consideramos um potencial perdedor, daquele que a vida te ensinou a não perdoar para mais tarde tentar ser perdoado por alguma razão. Por mais brutal que você possa vir a ser.

    Paciência, palavra-chave para uma série de situações e oportunidades que por vezes perdemos a chance de conquistar o que almejamos por simples capricho de vontade soberba de querer atropelar tudo e todos. Como diz a frase nos semáforos de Fortaleza: "vai dá certo".

    Que possam surgir mais postagens interessantes nesta plataforma, que o Jung na Veia possa merecer a sua atenção, a sua leitura, o seu preciosíssimo tempo. É isso que também desejo. 

    Enfim, que a vida nos ensine a ser mais humanos, que tenhamos compaixão ainda mais forte pela condição humana, que não esperemos que a vida nos ensine a ser tão fortes quando na verdade podemos ser mais fraternos.


    Feliz natal! 

    Um grande abraço com muito carinho de Randerson Figueiredo. E até janeiro se Deus quiser...

  • Você pode gostar também

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos por mim (Randerson Figueiredo) antes de serem publicados. Não serão aprovados os comentários:
    - não relacionados ao tema do post;
    - com pedidos de parceria;
    - com propagandas (spam);
    - com link para divulgar seu blog;
    - com palavrões ou ofensas a pessoas e situações;