• # SÉRIE PECADOS CAPITAIS # 3 # IRA – E O DESCOMPASSO DO ÓDIO



    Pecado, do latim, peccatum literalmente quer dizer passo em falso. O que faz da ira figurar no rol dos sete pecados capitais? Será que somente pelo fato de não possuir um controle das emoções?

    Acredito que não, a ira vai mais além. Vou entrar agora na questão divina. A ira desarmoniza todo um equilíbrio originado do Criador, não só para quem pratica algo contra alguém, mas também para quem sofre a ameaça iminente.

    Acredito que seja por isso que a ira está elencada nos sete pecados capitais, porque ela desequilibra toda uma harmonia antes do ato, ou atos praticados por quem está irado.

    Na base da ira está a questão de preservação, ou melhor, autopreservação da espécie, das duas uma, ou se defende ou ataca, a ira fica com a segunda opção.

    Ou seja, é preciso identificar a causa da ira. Caso contrário ela provocará sérios danos psicológicos a quem sofre deste mal.

    Já argumentei neste espaço sobre a raiva e a mitologia grega, mas raiva é diferente da ira. Você vai entender perfeitamente a diferença da raiva e da ira quando ler o texto com o link acima.

    Os dez mandamentos alerta explicitamente para a questão da ira: não matarás. Este pecado infringe um dos dez mandamentos onde o Senhor diz para não matar (Cf. Êx. 20, 13). O lado máximo da desordem.

    Por estas e tantas outras razões é que os dez mandamentos querem banir a ira do coração dos homens e que Tiago em sua carta à igreja de Cristo, exorta seus irmãos de fé para que todo homem demore para irar-se, pois a ira não produz justiça divina (Cf. Tiago, 1- 19-20).

    E a antítese da ira é justamente a paciência. Tema que irei abordar com mais calma em outra ocasião. Essa sim traz para si o viés da brandura e ternura de que tanto necessitamos.


    O texto de hoje foi mais enxuto, com mais calma abordarei em outras postagens este e outros temas relacionados a este assunto tratando-o com mais profundidade.
  • Você pode gostar também

    2 comentários:

    Os comentários passam por um sistema de moderação, ou seja, eles são lidos por mim (Randerson Figueiredo) antes de serem publicados. Não serão aprovados os comentários:
    - não relacionados ao tema do post;
    - com pedidos de parceria;
    - com propagandas (spam);
    - com link para divulgar seu blog;
    - com palavrões ou ofensas a pessoas e situações;